domingo, 18 de junho de 2017

Confio em Carlos Miguel


Não sendo «amigo chegado» de Carlos Miguel, ganhei por ele estima e consideração desde os meus tempos de Diário de Aveiro, onde durante anos a fio acompanhei o Oliveira do Bairro de perto. De quinze em quinze dias, ia «fazer» o jogo dos bairradinos, nas extintas segundas e terceiras divisões nacionais, «apanhando» o Carlos Miguel, primeiro como jogador e mais tarde como treinador. É das pessoas por quem ganhei empatia. Gosto de pessoas com quem gosto de falar de futebol O nosso novo treinador é uma delas.
Tenho a certeza que se esta aposta não resultar não é por Carlos Miguel não saber de futebol, nem gostar do Beira-Mar. Porque ele percebe e gosta do Beira-Mar. Só pode ter o meu apoio. Confio totalmente nesta aposta e, por isso, só posso estar optimista. E ele sabe que tem o meu apoio. Força Beira-Mar!

Parabéns futsal!


Equipa de iniciados de futsal do SC Beira-Mar: campeão da Taça e Supertaça Distrital! Parabéns! Apesar de todas as dificuldades, a formação do futsal beiramarense continua a ser das melhores no nosso distrito. Mas falta o regresso de uma equipa senior. Para mim, formação sem seniores não faz sentido. 

quinta-feira, 15 de junho de 2017

Andebol desceu

Já há muito que era previsto. A equipa nunca deu mostras de poder encetar uma recuperação que evitasse a descida à 3ª divisão nacional de andebol.
Não acompanhei suficientemente de perto a equipa para poder encetar grandes comentários. Sei, por exemplo, que no jogo realizado no pavilhão do «vizinho» e campeão São Bernardo, deu excelente réplica! O que correu mal? Sei também que teve muitos jogos em que da primeira para a segunda parte terá baixado de rendimento. Reflexo de se treinar pouco?

Desejo apenas que este «deslize» não ponha em causa o projeto do andebol no clube e que eugénio Bartolomeu mantenha a força necessária para continuar a colaborar com o nosso clube. E se Eugénio Bartolomeu decidir não continuar a «lutar», que isso não signifique o fim do andebol do Beira-Mar.

Força Beira-Mar Andebol! 

segunda-feira, 12 de junho de 2017

Quarto lugar


A participação na 1ª Divisão Distrital terminou com um empate a uma bola em Albergaria-a-Velha, num jogo em que até podíamos ter ganho. Fim de campeonato, quarto lugar na classificação final. Uma má época? Não sei, sinceramente...somos Beira-Mar mas a primeira divisão nada tem a ver com  a segunda. Reparem na prestação das equipas que, tal como o Beira-Mar, tinham subido na época anterior: Romariz e Mealhada desceram e Alvarenga «safou-se» com dificuldade. 
A verdade é que subir de divisão era impossível porque o Espinho era, claramente, a melhor equipa. Sinceramente, acho que para a 1ª Divisão Distrital tínhamos boa equipa, reforçamo-nos bem com a entrada de Augusto Semedo, mas, tenho dúvidas que tivessemos equipa para mais. Nós adeptos, é que esperamos sempre mais, só olhamos para o nosso clube mas esquecemo-nos de equipas que queriam subir e ficaram atrás de nós. 
Seja como for, o que me parece é que a classificação final veio dar razão a todos aqueles que sempre disseram que a dispensa de José Alexandre não se justificava. Augusto Ssmedo, tal como o DesportoAveiro noticiou, ainda fez menos pontos que o seu sucessor, com a agravante de ter tido cinco bons reforços. Cinco. Agora, se não concordei com a saída do Zé, também tenho que perceber a insatisfação de Augusto Semedo perante a sua dispensa. Percebo que quisesse ficar e orientar a equpa desde a primeira jornada. Carlos Miguel é o nosso novo treinador, tem todo o meu apoio, acredito muito nele, mas não posso deixar de referir que a lógica talvez passasse pela continuidade de Augusto Semedo. Mesmo que não tivesse «feito nada de especial» nos meses em que esteve à frente da equipa auri-negra.  

quinta-feira, 1 de junho de 2017

Três vitórias seguidas


Três vitórias seguias nas últimas três jornadas do Campeonato Safina. 
Primeiro derrotámos (2-1) e «metemos» o Cucujães na 2ª distrital; depois fomos ganhar a Fiães por uma boa a zero; e no último fim de semana, pelo mesmo resultado ganhámos em «casa» ao Carregosense. 
Com isto, vamos a Albergaria na última jornada mas já sem hipóteses de chegar ao segundo lugar. Aliás, podemos ficar em terceiro mas ainda podemos «cair» para sexto. 


terça-feira, 30 de maio de 2017

A Proliga é nossa!


Sem condições mas com uma competência que conheço bem. Sem pavilhão mas com pessoas incríveis. Sem dinheiro mas com uma dedicação extraordinária. Não admira, portanto, os títulos que a nossa secção de basquetebol ganhou nos últimos anos. Mas, depois da «formação», tivemos este ano um grande sucesso nos seniores: a subida à Proliga.
A parceria com a Associação de Estudantes de Universidade de Aveiro, a garra e espírito dos jogadores e, claro, a experiência e conhecimento do nosso treinador, Carlos Cabral, levaram-nos a este desfecho. 
É verdade que a nossa equipa não tem «estrelas» e que nem sequer é muito superior às outras que discutiram a subida, mas, fomos mais fortes, mais unidos e merecemos subir. 
Tive muita pena de não ter estado no jogo da festa contra o Desportivo da Póvoa, mas sábado, em Águeda, lá estarei a apoiar a nossa equipa de basquetebol contra a Académica no jogo que vai decidir quem vai disputar o título de campeão nacional. Espero, porque esta equipa merece, que os beiramarenses compareçam em bom número ao Pavilhão do GICA. 




segunda-feira, 29 de maio de 2017

Juvenis estão safos

Os juvenis do SC Beira-Mar venceram, no passado fim de semana, o Fiães, por 3-1, e confirmaram a manutenção já anteriormente conseguida na 1ª Divisão Distrital da categoria.
Sem pretender criticar o treinador anterior, parece-me justo destacar o papel preponderante do nosso coordenador Rui Neves e da recuperação que efetuou a partir do momento em que assumiu também o cargo de treinador.

Na próxima época, se lhe «deixarem», acredito que o clube possa ter duas equipas de juvenis, algo que é fundamental para que os juvenis de 1º ano possam ter tempo de jogo e continuarem a evoluir.


sábado, 27 de maio de 2017

Fui votar, claro!


Tinha duas hipóteses: votar na lista de Hugo Coelho ou votar em branco. Das duas possibilidades, optei por uma delas. 
Importante para mim no período em que antecedeu o ato eleitoral, foi saber se pessoas importantes no futebol de formação como são Rui Neves e Cristiano vão continuar no clube ou não; se vamos apostar na subida ou não ao Campeonato de Portugal; se as modalidades vão ser apoiadas ou não; se a nova Direção tem planos para o clube poder vir a ter melhores condições de treino para os seus atletas. Isto para mim eram notas importantes e foi com base no esclarecimento, ou não, destas questões que escolhi votar em branco ou em Hugo Coelho. 
Independentemente da minha decisão, importa dizer que até não ter razões para tal, esta será a «minha» Direção! Já falei, inclusivamente, com o novo presidente e ele sabe bem que, dentro das minhas possibilidades e capacidades, aqui estarei disponível para ajudar no que for possível e naquilo que puder. Agora, o meu apoio nunca será impeditivo de continuar a ter voz critica em redor do clube, da sua nova direção e das suas decisões. 
Força Beira-Mar! 



terça-feira, 23 de maio de 2017

Parabéns Mister!

O Camacha foi o primeiro clube onde realizou um excelente trabalho; depois, veio para o Continente e subiu o Chaves à II Liga; continuou a subir e em Aveiro, ao serviço do nosso clube, sagrou-se campeão da II Liga; daí, foi um «salto» para o SC Braga, Sporting, e Olympiakos onde ganhou o título de campeão da Grecia. O auge aconteceu este ano: campeão francês pelo Mónaco, destroçando o todo poderoso PSG! Um dos melhores treinadores portugueses da atualidade, se não mesmo o melhor. Parabéns Mister Leonardo Jardim!






segunda-feira, 15 de maio de 2017

A montanha pariu um rato


Bom, antes de escrever algumas palavras sobre a lista de Hugo Coelho, julgo que há que começar por dizer que a montanha pariu um rato. Começo mesmo por aqui: numa altura em que o nosso clube viu recentemente o PER ser aprovado, constitui uma  verdadeira desilusão não ter mas do que uma lista concorrente às eleições. Não há em Aveiro mais gente preparada e interessada em apresentar um projeto para o nosso clube? Pelos vistos, não. Esta é que é triste realidade. Realidade confrangedora.
Mas poderão dizer: «então mas o DesportoAveiro não anunciou que teríamos duas listas?» - verdade, anunciou. 
Anunciou Amandio Leite como candidato porque...foi o próprio que  nos pediu para avançar com a notícia! Porque não concretizou a candidatura? Não sei, agora, não gosto é que digam que o DesportoAveiro «inventa» notícias! Mais tarde, o DesportoAveiro anunciou a recandidatura de António Cruz porque soube que estava a ser elaborada uma lista onde o seu nome constava...nunca me passou foi pela cabeça que aquele que foi presidente da última direção, aceitasse passar para...número três da nova Direção. Mas aceitou. 

Quanto ao resto, deixo para breve mais alguns posts sobre a minha impressão acerca de Hugo Coelho, sobre a composição da lista e sobre aquilo que considero ser fundamental para votar na referida lista ou votar em branco. 

Boa semana.